18/04/2009

As prendas vão ter limite e os funcionários do Estado vão circular entre serviços


In Público

Conselho da Corrupção vai criar regras para quem trabalha em organismos públicos
18.04.2009 - 22h15 São José Almeida
Os funcionários da administração estatal passarão a circular entre serviços para evitar relações de proximidade com o meio envolvente e os presentes que lhes sejam oferecidos por utentes, quer sejam em espécie ou em dinheiro, vão ter um valor máximo a partir do qual têm que ser recusados.

Estas duas regras fazem parte do código deontológico dos serviços do Estado que o Conselho de Prevenção da Corrupção (CPC) vai propor que seja adoptado em Portugal, declarou ao PÚBLICO o presidente daquele órgão e também presidente do Tribunal de Contas, Guilherme d’Oliveira Martins.

--



1 comentário:

Resgate Salta disse...

Tou feita. Vou ter de mudar de serviço. Às tantas vou ter de ir para Saúde Pública. Lá se vão os franguinhos, os ovos, as mouras e salpicões, os bolinhois...