15/03/2009

"Sarra-se a Velha"




Na próxima quarta-feira vive-se a tradição popular da "Sarra-se a Velha":

A "Sarra-se a Velha" é encenado na noite da quarta-feira que prece o terceiro domingo da Quaresma. A serração da velha representava uma espécie de pausa no rigor do jejum e da penitência quaresmal. Neste sentido, os jovens realizavam desfiles nas ruas usando máscaras e fantasias.

A leitura do testamento da velha era uma prática corrente, levando-se ao conhecimento público os beneficiários na partilha dos bens. Em seguida, um jovem - sempre alguém do sexo masculino - erguia o instrumento de suplício (no caso, o serrote), sobre um pedaço de madeira, de tábua ou um espantalho de pano e, mediante o vai-e-vem do braço, fazia de conta que serrava a velha.

in Fundação Joaquim Nabuto (Brasil)

Em Vizela a "Sarra-se a Velha" é encenada principalmente por crianças em festas escolares passeando-se pelas ruas da cidade com bonecas feitas em papel. Regra geral à noite o Callidas Clube organiza um pequeno concurso para as bonecas de papel onde se escolhe a mais bonita e no final faz-se uma fogueira com todas as bonecas. 

Entretanto a construção destas bonecas foi-se refinando ao longo dos anos e hoje constitui um negócio ocasional para alguns lojistas. Ana Maria Costa, minha mulher, é uma dessas pessoas que constroi artesanalmente as "velhas" que ajudam a colorir as ruas de Vizela nesse dia.

1 comentário:

Andreia do Flautim disse...

Nunca tinha ouvido falar dessa tradição!