22/02/2009

Candidatura de Miguel Lopes - Rescaldo da entrevista à Rádio Vizela

A entrevista de Miguel Lopes à Rádio Vizela da qual o RVJornal dá destaque na última edição marca o pontapé de saída na sua candidatura à Câmara Municipal de Vizela (CMV) pelo PSD. Não se pode dizer que a sua posição na grelha de partida seja uma surpresa é porém uma candidatura desde logo marcada pela jovialidade a qual em nada lhe é favorável, no entanto esteve muito bem ao afirmar que quando Francisco Ferreira assumiu a câmara tinha tanta ou menos experiência do que ele e volvidos 12 anos ainda comete erros como com a questão do campo desportivo do Montesinhos.

Nota positiva também lhe vai para a vontade de reconfigurar o centro urbano de Vizela. Se há aspecto negativo na CMV foi nunca ter tido ousadia e imaginação para fazer mudanças de fluxo de trânsito a bem do comércio e da vida na cidade. Do mesmo modo nunca mostrou ambição de abraçar projectos estruturantes como a criação de um pólo empresarial. Miguel Lopes acusou, e muito bem, essas faltas da CMV

Porém nota negativa para o assunto da Paula Lima em Tagilde. Compreendo que seja benéfico para o PSD uma candidatura de Paula Lima pelo PS. Partilho a mesma opinião mas Miguel Lopes poderia ter contornado a situação de outro modo valorizando antes a capacidade de liderança do PSD. Fica mal a qualquer partido admitir que explora essas fragilidades. O mesmo se aplica à junta de Infias.

Outro ponto negativo na candidatura de Miguel Lopes é o facto de nas reuniões da CMV não imprimir a necessária liderança, pelo menos é o que fica implícito nas notícias que se podem ler nos jornais.

Assim fica aqui o item primeiro a ser trabalhado por esta candidatura: Liderança.


1 comentário:

Andreia do Flautim disse...

Um bom carnaval para ti!